El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

RIEJS
Prácticas Pedagógicas No Excluyentes, desde la Perspectiva de la Pedagogía Crítica

Práticas Pedagógicas não exclusivos, a partir da Perspectiva da Pedagogia Crítica
Resumen
O objetivo deste trabalho é relatar a análise interpretativa sobre as razões e características das práticas pedagógicas não-exclusivos que escola e seus efeitos sobre a construção de um currículo inclusivo; utilizando a abordagem qualitativa ea estratégia de estudo de caso instrumental. Os resultados mostram algumas razões formais como as leis promulgadas a nível nacional e internacional sobre educação inclusiva e uma razões não-formais, que são dadas uma maior ênfase, que são identificados por pais e professores nas práticas educativas diária; condições que tornaram possível as práticas pedagógicas inclusivas na escola e que algumas características da proposta educacional de Paulo Freire foram apresentados; e os efeitos que gerou mudanças significativas na maneira de construir um currículo mais inclusivo
Descriptores
Práticas pedagógicas, Educação inclusiva, Atenção para a diversidade, Paulo Freire.
Texto completo
Texto completo em espanhol PDF
Bajar PDF
Referencia
Valencia Zuluaga, A.P. e Jaramillo Maya, W.A. (2015). Prácticas pedagógicas no excluyentes, desde la perspectiva de la pedagogía crítica. Revista Internacional de Educación para la Justicia Social (RIEJS), 4(1), 89-110.

 

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player