El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

RIEJS
Diseño y Validación del Constructo Teórico de Justicia Social Percibida por el Alumnado en los Centros Escolares

Concepção e Validação da Construção Teórica da Justiça Social Percebido pelos Alunos nas Escolas
Resumen
A justiça social é uma questão de grande importância, pois ela é a base da coexistência pacífica. As desigualdades ea falta de justiça é endêmica na humanidade. Ao longo da história, todos os conflitos foram causados por falta de justiça e desrespeito pelos direitos dos indivíduos. A justiça social pode ser analisado a partir de diferentes perspectivas, a partir macroanalíticas para microanalíticas. No campo da educação é sem dúvida um motivo de preocupação tanto teóricos e investigadores e professores. No entanto, houve ainda o desenvolvimento de ferramentas suficientes para permitir a avaliação das várias facetas que estão envolvidos neste conceito. Neste estudo uma revisão teórica do que é feito e à concepção e desenvolvimento de um instrumento para avaliar a percepção de justiça social que tem alunos de escolas é proposto. Supõe-se que a experiência da justiça social começa nas escolas, como unidades de vida, no qual os alunos irão construir as suas percepções e sentimentos que causam emoções e experiências que eles têm em sua vida acadêmica. Portanto, o papel dos professores é enfatizada como um ponto de referência, ele deve ser um exemplo verdadeiro de fazer justiça distributiva e centro de referência em que não é dada ou a justiça como princípio organizacional.
Descriptores
Justiça social, Atitudes sociais, Valores sociais, Validade de constructo.
Texto completo
Texto completo em espanhol PDF
Bajar PDF
Referencia
Jornet-Meliá, J.M., Sancho-Álvarez, C. e Bakieva, M. (2015). Diseño y validación del constructo teórico de justicia social percibida por el alumnado en los centros escolares. Revista Internacional de Educación para la Justicia Social (RIEJS), 4(2), 111-126.

 

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player