El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

RIEJS
Formación Inicial de Docentes desde una Perspectiva de Justicia Social: Una Aproximación Teórica

Formação Inicial de Professores a partir de uma Perspectiva da Justiça Social: Uma Aproximação Teórica
Resumen
A partir de uma caracterização do sistema escolar no Chile, que apresenta altos índices de segregação social e iniquidade, argumenta-se a importância de preparar professores chilenos para ensinar desde una perspectiva de justiça social. Sleeter, Montecinos e Jiménez (2016) propõem um enfoque com quatro temáticas a incluir em um currículo para a formação docente desde una perspectiva de justiça social: (a) situar as famílias e as comunidades dentro de uma análise das desigualdades estruturais; (b) desenvolver relações de reciprocidade com os estudantes, as famílias e as comunidades; (c) ensinar tendo altas expectativas acadêmicas nos estudantes, capitalizando sua cultura, língua e identidade; e (d) elaborar e ensinar um currículo que integre as perspectivas marginalizadas e enfrente de maneira explícita os temas de equidade e poder. Estas dimensões se elaboraram teoricamente e logo se exemplificam por meio de ações, cognições e disposições de um estudante de pedagogia que em sua prática ensina desde uma perspectiva de justiça social.
Descriptores
Educação para a justiça social, Formação inicial de professores, Estudantes vulneráveis, Prática.
Texto completo
Texto completo em espanhol PDF
Bajar PDF
Referencia
Peña-Sandoval, C. e Montecinos, C. (2016). Formación inicial de docentes desde una perspectiva de justicia social: Una aproximación teórica. Revista Internacional de Educación para la Justicia Social (RIEJS), 5(2), 71-86.
doi:10.15366/riejs2016.5.2.004

 

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player