El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

RIEJS
El Performance de los Docentes en la Idea de Justicia: Elementos para una Crítica de la Doctrina Moral en su Trabajo

O Desempenho dos Docentes na Ideia de Justiça: Elementos para uma Crítica da Doutrina Moral em seu Trabalho
Resumen
O presente artigo recupera a ideia de justiça social de Alain Badiou, com o propósito de contribuir na enunciação de alguns términos que permitem identificar e lutar pela moral doutrinária subjacente ao desempenho do trabalho dos docentes da Educação Básica. Em consequência, para cumprir com a referida tarefa, foram trabalhados conceitos provenientes da sociologia do trabalho, a psicoanálise lacaniano e a filosofia posfundacional, que refletidos a luz da excessiva ênfase na disciplina e a burocracia na educação básica, serviram para sustentar o argumento de que aplicar a ideia de justiça de Alain Badiou no âmbito da educação escolarizada exige: a) combater o preconceito de que os programas e os regulamentos desenvolvidos por especialistas resultarão automaticamente em uma melhoria do ensino-aprendizagem da educação em geral, b) defender a ideia de justiça como ação fiel e disciplinada em torno à igualdade e dignidade dos corpos com ideias. O trabalho dos docentes é proposto como a primeira instância a partir da qual deveria começar sua formação na ideia de justiça de igualdade dos corpos com ideias, o qual por sua vez implica questionar o contexto político e econômico no qual se desenvolve a educação em conjunto. Como contribuição central, se elabora o término de quase-política, entendido como o ato de enunciar o atravessamento da impossibilidade de desaparecer a divisão do trabalho entre especialista e simples executores.
Descriptores
Justiça, Educação básica, Ética, Moral doutrinária, Quase-política.
Texto completo
Texto completo em espanhol PDF
Bajar PDF
Referencia
Olivo Pérez, M. A. (2016). El performance de los docentes en la idea de justicia: Elementos para una crítica de la doctrina moral en su trabajo. Revista Internacional de Educación para la Justicia Social (RIEJS), 5(2), 131-155.
doi:10.15366/riejs2016.5.2.007

 

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player